Organizações contra o PLC 37/2013 que retrocede na política sobre drogas

Depois de aprovado na câmara dos deputados, o PLC 37, de autoria do deputado Osmar Terra (PMDB) tramita agora no senado. A proposta do projeto implica no empoderamento de comunidades terapêuticas através de repasse de verbas do SUS, que são organizações administradas por segmentos neopentencostais, como podemos ver o caso do Pastor Marcos Feliciano ser dono da CT Fazenda Nova Vida; está incluso também o aumento das penas para o traficante de 5 para 8 anos, sem nenhuma compreensão da explosão do encarceramento em massa no Brasil; a regulamentação das internações compulsórias como instrumento recorrente para os usuários de drogas. Dentre outros pontos, a rotulação nas embalagens de bebidas alcoolicas apontando os males causados pelo seu consumo excessivo, assim como é feito com as carteiras de cigarro, foi um ponto barrado na votação do projeto na Câmara dos Deputados, colocando claramente a quem o lobby da indústria do álcool favorece, e quem financia suas campanhas eleitorais.

O vídeo da Alice de Marchi, pesquisadora da Rede de Justiça Criminal, desmonta minunciosamente o propósito desse PLC 37.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s